fbpx

Blog HellTattoo

/
Blog

Piercing no Umbigo Inflamado: Principais sintomas e tratamentos

piercing no umbigo inflamado

Colocou um piercing no umbigo e agora notou que algo parece estar errado? E você não tem certeza se isto faz parte do processo de cicatrização do piercing ou se o seu piercing do umbigo está infecionado. O fato é que ninguém gostaria de ter um piercing no umbigo inflamado, mas essa é a realidade que muitas pessoas enfrentam. Portanto, é preciso estar muito atento as modificações do seu corpo.

Às vezes, um piercing no umbigo que ainda está em fase de cicatrização pode parecer feio ou inflamado, principalmente nos primeiros dias e semanas, se este é o seu caso, não se afobe, tenha calma. Continue observando seu piercing por mais alguns dias e veja quais são as reações.

Então, como saber quando um piercing no umbigo realmente está inflamado ou infeccionado? Neste post, iremos explicar todos os possíveis sinais e sintomas de um piercing no umbigo inflamado para ajudá-lo a garantir que o seu novo piercing cicatrize sem problemas.

O que é uma infecção no piercing do umbigo?

Uma infecção no piercing do umbigo é algo extremamente perigo e deve ser levado a sério. Nas primeiras semanas após ter perfurado a pele, o local ainda é uma ferida aberta. E como qualquer outra ferida, precisa de cuidados especiais e atenção para diminuir os riscos de desenvolver uma infecção.

Para ter um piercing infeccionado, basta que os germes e bactérias entrem na pele antes que o ferimento esteja um pouco curado. O nosso sistema imunológico se encarrega de eliminar essas partículas, no entanto nem sempre é capaz de combater todas as infecções, principalmente se o sistema estiver comprometido ou enfraquecido por falta de vitaminas necessárias para o corpo.

Algumas infecções são leves e simples de serem tratadas, enquanto há outras que são mais complicadas e necessitam do auxilio de um profissional. Mesmo infecções leves podem sair facilmente do controle caso não sejam tratadas de forma adequada.

Permitir que isto aconteça, pode acabar colocando sua própria vida em risco. Se está infecção se espalhar pelo seu corpo, pode até levar à morte. Por isso, saber identificá-las o quanto antes é o melhor remédio.

O que causa inflamações no piercing do umbigo?

Infecções ou inflamações no piercing do umbigo, são causadas por bactérias nocivas que entram na pele através da feriada feita pela perfuração. Quando isso ocorre, se o seu sistema imunológico não tiver forças para combatê-las, elas começam a se multiplicar.

Estas bactérias podem chegar ao seu piercing de diversas formas, tais como:

Equipamento não esterilizado corretamente 

Infelizmente, nem todos os profissionais enfatizam a utilização de equipamento estéreis para realizar esse tipo de procedimento. Alguns piercies estão mais interessados no dinheiro do que com o que pode acontecer com você.

Deixar um amigo realizar o procedimento

Todos nós temos aquele amigo sabidão, que sabe fazer tudo e mais um pouco. Neste caso, evite-o. Ele até pode estar tentando ajudá-lo, mas ele não possui as ferramentas (e a habilidade) necessária para realizar a perfuração com segurança.

Profissional não-qualificado

Evite profissionais que não tenham boas recomendações. Optar por um profissional experiente e de renome pode acarretar em um piercing mais caro, no entanto lhe dará mais chances de não sair do estúdio com o piercing no umbigo inflamado.

Utilização de máquina perfurante 

Evite o uso de armas perfurantes. Elas causam mais danos a pele e não são usadas uma única vez e mesmo que o seu piercer limpe a arma, pode haver resíduos de sangue de outras pessoas que podem causar doenças como a Hepatite ou HIV.

Suas mãos

Tocar ou mexer no piercing sem higienizar a mão pode introduzir milhares de bactérias no seu piercing. Portanto, antes de tocá-lo certifique-se de que tenha lavado bem as mãos com sabão e água.

Piscina, mar  e banheira

Fique longe desses locais enquanto o seu piercing no umbigo está em fase de cicatrização, pois podem conter centenas de milhares de bactérias.

Má limpeza

Embora seja extremamente chato limpar o piercing no umbigo nas primeiras semanas, faz toda diferença e evita que as bactérias se multipliquem.

Não seguir os cuidados posteriores

O pós-cuidado com o piercing é fundamental para evitar qualquer tipo de risco de infecção.

Remover as casquinhas

As crostas que se formam no piercing é um processo natural de cura e cicatrização, se você removê-la você estará abrindo novamente a ferida e dando mais uma oportunidade para que as bactérias e germes infeccione o seu piercing.

piercing no umbigo infeccionado

Sinais e sintomas de um piercing no umbigo inflamado

Quando não sabemos os principais sinais e sintomas, pode ser difícil identificar um piercing no umbigo inflamado. Por isso, saber o que é normal e o que pode não ser, é essencial para tomar a decisão de ir ou não ao médico.

Aqui estão alguns sinais normais do que pode ocorrer durante os primeiros dias e semanas após a perfuração do umbigo. Pode haver pequenos sangramentos e surgir crostas sobre a ferida. Além disso, o local poderá doer um pouco, apresentar vermelhidão e inchaço.

Quando a cicatrização começa, a área pode começar a coçar. Se você ver ou sentir esses sintomas acontecendo, fique tranquilo, faz parte do processo de cura e não significa que existe uma inflamação no seu piercing.

Então, como saber se o meu piercing no umbigo está inflamado? Há muitas maneiras de identificar sinais que não são normais e podem significar que uma infecção está acontecendo.

  • Aumento forte da dor: Doer é normal, mas se você não mudou sua rotina ou atividade física e sentir que o seu piercing está doendo muito, é preciso ficar atento.
  • Corrimento com aparência estranha: Mesmo que o seu piercing não esteja infeccionado pode acontecer alguns corrimentos, se isso acontecer, preste atenção na cor e no cheiro. Se cheirar mal e é amarelado/escuro, pode ser um sinal de infecção.
  • Cisto: Se você notar um cisto cheio de líquido na área do piercing, é um sinal claro de que você pode ter uma infecção.
  • Pele vermelha e quente: Seu piercing ficará avermelhado após a perfuração. Mas, se começar a piorar e a pele ficar quente, é possível que uma infecção esteja se instalando. Se perceber qualquer mancha vermelha ao redor do umbigo, é definitivamente um sinal de infecção. Não deixe de ligar para o médico neste momento.
  • Febre: A febre pode significar que a infecção se espalhou para além do local de perfuração. É extremamente importante que você procure um médico ou pronto-socorro.

Como cuidar de um piercing no umbigo inflamado?

Quando notamos um piercing inflamado a primeira coisa que nos vem a cabeça é: “vou tirar esse piercing agora mesmo“, mas, neste caso, é fundamental que você deixe o piercing em seu umbigo.

A jóia está evitando que o furo se feche, e enquanto o furo permanecer aberto, a infecção pode se esvair em vez de ficar presa dentro do seu corpo. Por isso, é essencial que, mesmo que você queira remover o piercing, deixe-o lá.

Inflamações em estágio avançado, necessitam de cuidados médico. Ao ir em um médico, ele deverá passar um cronograma para ajudá-lo a eliminar a infecção do seu corpo, e é muito importante que você siga corretamente.

Infecções leves podem tentar ser tratadas em casa, por um ou dois dias. Desde que você não esteja febril e não haja mancha vermelha na ferida.

Como tratar um piercing infectado em casa?

É sempre importante que você procure um médico, mas se deseja tentar tratar a infecção em casa antes de procurá-lo, você precisa seguir alguns passos.

Antes de mais nada, você deve lavar bem as mãos com sabão e água. Afinal, você não quer colocar mais bactéria em um local que já está infeccionado. Continue seguindo os cuidados posteriores que você recebeu assim que saiu do estúdio e várias vezes ao dia, todos os dias, coloque um pano limpo úmido embebido em água morna na área infeccionada. O calor da água ajudará a drenar a descarga.

Se o problema parece piorar, ao invés de melhorar, entre em contato com o seu piercer ou médico. Provavelmente ele indicará que você utilize uma pomada antibiótica para passar sobre o ferimento diversas vezes ao dia ou, dependendo da gravidade, passará antibióticos de uso oral.

Como prevenir infecções de piercing no umbigo no futuro

Usar jóias de materiais de alta qualidade é uma das maneiras de evitar futuras infecções. Piercings feitos de materiais de baixa qualidade são mais baratos. Metais baratos, além de causar reações alérgicas na pele, podem quebrar facilmente. Caso sua jóia quebre dentro do seu corpo, você pode se ferir. E ferimentos podem levar a infecções e inflamações.

Muitas amigas costumam trocar piercings entre si, mas está não é uma boa ideia e pode levar à infecções. Mesmo que você higienize bem a jóia do seu amigo, ainda sim há muito risco envolvido. Um simples banho de álcool não consegue remover 100% as bactérias. Como não podemos impedi-lo de usar jóias de amigos e colegas, você deve estar ciente que poderá gastar muito dinheiro com remédios no futuro, no caso de ser infectado.

É claro que ninguém gostaria de ter o seu piercing no umbigo inflamado, mas é preciso saber que pode acontecer. Para evitar, você deve seguir corretamente as instruções do piercer e também às nossas.

E então, o que achou do conteúdo? Já teve uma experiência parecida? Conte nos comentários como foi!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *